PAD – A Regra é Clara

Justifique “Se eles podem, por que eu não?” como quiser: sem dúvida essa frase é o fruto podre que espelha o povo de bem naqueles que se elegem apenas para usar o poder em benefício próprio.

Por isso essa música, de raiva latente, grito dos insurgentes e injustiçados, de todos os lados e cores, que sabem, lá no fundo, que nenhum crime nunca compensou.

A máxima é antiga, mas a regra é clara, atual e para todo mundo: aqui se faz, aqui se paga.

PAD

PAD – A Regra é Clara
Rolar para o topo